Blog

Imagem

Como declarar imóveis no imposto de renda

03/02/2019

O imposto de renda é um imposto coletado pela Receita Federal que incide sobre toda pessoa física que tenha tido um ganho acima de R$ 28.559,70. O contribuinte deve informar anualmente os ganhos do ano anterior (em 2018, os ganhos de 2017, por exemplo), para apuração e possível restituição.

A compra de um imóvel é um dos dados que deve constar no imposto de renda. Em 2018, a Receita Federal começou a coletar mais dados sobre o imóvel do que o ano anterior, como inscrição Municipal (IPTU), endereço, área, matrícula e em qual cartório o bem foi registrado. Porém, a partir deste ano o preenchimento desses itens é obrigatório.

. Apenas imóveis com valor superior a R$ 300.000,00 devem ser declarados.

Para declarar um imóvel que você comprou à vista, é preciso incluir um item referente a este imóvel no quadro “bens e direitos”, com toda a descrição do bem adquirido, deixando o valor zerado na coluna de 31/12/2017, e informando o valor total pago na coluna 31/12/2018.

Se o imóvel foi financiado, não é necessário declarar o valor dos juros, pois o imóvel já leva o valor dos juros do financiamento. Ainda, o declarante não deve informar o saldo devedor no quadro de “dívidas e ônus reais”, pois neste formato está apenas sendo informado o valor efetivamente pago a cada ano.

Caso o imóvel tenha sido adquirido em conjunto com outra pessoa, cada um dos coproprietários, deve informar em sua declaração os valores efetivamente pagos por ele com seus recursos. Ao somar a declaração de cada um deles, o total deve ser igual ao total pago pela compra do imóvel. Ou seja, cada um informa em sua declaração aquilo que efetivamente foi pago por ele em cada ano.

Se você vendeu um imóvel e teve lucro sob ele, é necessário declarar. Porém, esse valor deve ser apurado no momento da venda e não no momento da declaração. Se o valor de venda for maior que o de compra, há imposto a recolher, com uma alíquota de 15% sobre o ganho. Este valor deve ser pago até o último dia útil do mês seguinte ao da venda.

Fique atento aos detalhes ao declarar sua renda e seus bens, bem como ao prazo. O não cumprimento gera multa e torna-se um empecilho na vida financeira do contribuinte.

Fonte: Globo/Exame

Compartilhar

Posts relacionados

Imagem

Bairro Bom Fim: colonização judaica e tradicionalismo em Porto Alegre

20/04/2018

Em meados dos anos 1860, o bairro Bom Fim chamava-se Campo da Várzea. Possuía, na época, poucas casas, algumas chácaras, sítios e matas nativas, que foram utilizadas como refúgios para os escravos. Com a construção da Capela Senhor do Bom Fim, em 1867, o bairro passou a chamar-se Campo do Bom Fim.

Imagem

Aprenda a gerenciar seu tempo livre

05/02/2018

Em um mundo cada vez mais conectado, com excesso de informações a todo o momento e com metas altas sendo estabelecidas tanto a nível pessoal e profissional, o gerenciamento do tempo livre muitas vezes não ocorre, principalmente para moradores de grandes metrópoles. O modelo de vida que atualmente a sociedade vive e a cultura de “estar sempre fazendo algo” pode ocasionar estresse e esgotamento, e muitas vezes, mesmo momentos de descanso e lazer são invadidos por demandas profissionais. Por isso, a gestão do tempo se torna imprescindível para uma melhor qualidade de vida.

Imagem

Jardim Itu-Sabará: grande fazenda que tornou-se urbanizada e povoada por 31 mil habitantes

12/03/2018

Até as primeiras décadas do século XX, a região que atualmente corresponde ao Jardim Itu-Sabará tratava-se de uma grande fazenda. O início da urbanização da área data da década de 1950 e, em 1954, a região transformou-se em um loteamento.

ENCONTRE O SEU IMÓVEL

Negócio
Categoria
Localização
Código